Hospital Regional João Penido

Endereço
Avenida Juiz de Fora, 2555
Bairro: Grama
Município: Juiz de Fora
CEP 36048-000

Horário de funcionamento
24h

Linhas de ônibus
101, 102, 150, 199

Telefones
(32) 3691-9500 

Quadro de direção
Diretor
Daniel Ortiz Miotto
e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Serviços

1. Atendimento ambulatorial em reabilitação física
2. Atendimento médico a adultos com doenças infectocontagiosas
3. Atendimento médico a pessoas afetadas pela hanseníase
4. Atendimento médico a recém-nascidos que necessitam de terapia intensiva
5. Atendimento médico de urgência em traumas ortopédicos a vítimas de acidentes em estado grave
6. Atendimento médico em casos de envenenamento ou intoxicação grave
7. Cirurgias de urgência a pacientes com risco de morte
8. Tratamento médico a adultos que necessitam de cuidados intensivos e intermediários


Histórico


No final dos anos de 1940, o presidente da República General Eurico Gaspar Dutra iniciou a Campanha Nacional Contra a Tuberculose (CNCT). Com isso, teve início o projeto de construção do Sanatório João Penido para atender à população de Minas Gerais.
O Sanatório foi construído em terreno adquirido pela Prefeitura de Juiz de Fora, em 27 de fevereiro de 1948, e doado ao Estado de Minas Gerais em 17 de maio do mesmo ano. Sua manutenção era realizada pela CNCT, que preconizava a erradicação da doença em 10 anos. Por ser um hospital de campanha, foi projetado em forma horizontal e pavilhonar para reduzir os custos de sua construção.
A capacidade operacional da unidade era de 360 leitos, com taxa média de ocupação que variava entre 270 a 290 leitos. Segundo relatos, o número de pacientes excedia os 360 leitos ocupados, e eram utilizados leitos extras. O hospital chegou a operar com 390 leitos distribuídos em três pavilhões.
Em 1977, o Ministério da Saúde redefiniu o perfil assistencial dos hospitais de campanha, fechando alguns e repassando outros para os Estados.
Com as mudanças, o hospital, que pertencia à Secretaria de Saúde de Minas Gerais, foi transferido, em 1º de junho de 1978, para a Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig). Em 1983, deixou de ser um sanatório de tratamento da tuberculose para se tornar um hospital geral. No começo da década de 1990, transformou-se em hospital regional, atendendo à população de Juiz de Fora e da região da Zona da Mata, como referência no cuidado das doenças infectocontagiosas.
Com o Centro de Medicina Física e Reabilitação, o hospital torna-se referência em reabilitação e conta com equipe multidisciplinar para assistência nas clínicas: cirúrgica, médica, cardiológica, pediátrica, ginecológica, oftalmológica, pneumológica, urológica, otorrinolaringologia, e atender a consultas especializadas em dermatologia. O HRJP possui leitos de UTI adulto e neonatal.

Missão
Prestar atendimento médico-hospitalar aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), buscando qualidade, humanização e integração ao sistema.

Visão
Ser um hospital de referência macrorregional no atendimento aos usuários, reconhecido pela prestação de serviços.

Perfil Assistencial
Hospital geral
• Serviços de Imagem: raios-x, ultrassom, RED, colostograma, urografia excretora;
• Serviço de Cardiologia: ecocardiogramas, testes ergonométricos, eletrocardiograma;
• Pronto atendimento, laboratório, internações feminina e masculina, tisiologia, pediatria, UTI neonatal e pediátrica, lactário, agência transfusional, CCIH, CTI adulto, centro cirúrgico, CME, centro de reabilitação, maternidade para gestante de alto risco;
• Serviço de apoio ao paciente com fisioterapia, serviço social, psicologia e fonoaudiologia;
• Departamento de enfermagem, farmácia, nutrição e terapia ocupacional.