Centro Hospitalar Psiquiátrico de Barbacena

Endereço
Praça Presidente Eurico Gaspar Dutra, 374
Bairro Grogotó
Barbacena/ (MG)
CEP 36202-376

Horário de funcionamento
24 horas

Linhas de ônibus
106 – Ipanema/Exposição/Ipanema
150 - Vista Alegre/Tancredo Esteves

Telefone
(32) 3339-2600


Direção
Claudinei Emídio Campos
e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.


Perfil Assistencial

  • Internação
  • Atendimento psiquiátrico a pacientes agudos
  • Usuários de longa permanência
  • Ambulatório de saúde mental (consultas eletivas)

    Serviços 
  • O CHPB é um hospital público que integra a rede de Saúde Mental, assistindo à população da macrorregião Centro-Sul, em três modalidades distintas:

1 - Ambulatório de Saúde Mental: consultas eletivas em Psicologia, Assistência Social e Psiquiatra adulto e infantil. O encaminhamento ocorre por meio da Central de Marcação de Consultas de Barbacena ou das Unidades Básicas de Saúde. Após a primeira consulta, o próprio profissional responsável pelo atendimento faz o agendamento dos retornos. Atendimento de segunda a sexta-feira, das 7 às 17 horas.

2 - Internação Adulto: Atendimento Psiquiátrico a Pacientes Agudos e Usuários de Longa Permanência. O encaminhamento é por meio do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) Municipal de Barbacena. Funcionamento 24 horas.

3- Atendimento em Reabilitação Clínica Multidisciplinar (Unidade de Cuidados Continuados Integrados - UCCI). O encaminhamento é realizado pela Central de Marcação de Consultas de Barbacena ou pelas Unidades Básicas de Saúde.

 

Histórico

O Centro Hospitalar Psiquiátrico de Barbacena (CHPB), localizado a 165 km de Belo Horizonte, foi inaugurado em 1903. Primeiro hospital psiquiátrico público de Minas Gerais, atuava na assistência aos "alienados”, em área anteriormente ocupada por sanatório particular destinado ao tratamento de casos de tuberculose. Em 1911, a instituição se tornou hospital-colônia, tendo o trabalho como principal forma de terapia.

O CHPB pertencia à Fundação Estadual de Assistência Psiquiátrica (Feap) e passou a integrar a Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig) em 1977, ano de sua criação.

Na década de 1980, foi realizada a reestruturação física e implementada a humanização do atendimento, visando reintegrar o paciente ao convívio social. Foram criadas estruturas alternativas, como internações de curto prazo (ambulatórios), hospital-dia, centros de convivência, oficinas terapêuticas e módulos residenciais.

Em 16 de agosto de 1996, foi inaugurado o Museu da Loucura - referência cultural dentro do hospital, com o objetivo de resgatar a memória da assistência à saúde mental e mostrar a história do antigo manicômio por meio da exibição de equipamentos, acervos e, ainda, documentação coletada em todo o Estado. A iniciativa também destaca o contraste com a atual abordagem do tratamento que vem sendo oferecido aos pacientes da saúde mental, promovendo sua autonomia e reinserção social.

A partir de 2000, os avanços no processo de desospitalização e o empenho para finalizar as obras do Hospital Regional desencadeiam um novo rumo para o CHPB. A elaboração do Planejamento Estratégico, construído com a comunidade hospitalar, definiu os rumos e ações para a continuação dos projetos de humanização e de desospitalização, bem como os caminhos para estabelecer parcerias para a conclusão do Hospital Regional de Barbacena.

Em 2016 foi implantado o projeto Casa Lar - residência transitória, onde moradores convivem em um espaço mais próximo de um lar, possibilitando à equipe intensificar a reabilitação psicossocial e a independência dos usuários.

Em janeiro de 2020 foi implantada a Unidade de Cuidados Continuados Integrados - UCCI, que oferece, atualmente, 15 leitos clínicos de retaguarda para o Hospital Regional de Barbacena prestar assistência àqueles usuários que, apesar de estarem em condição de receber alta hospitalar, necessitam de cuidados especializados para sua reabilitação física.