Notícias

20/11/2019

Novembro Azul: Hospital Alberto Cavalcanti oferece equipe multiprofissional para tratar pacientes com câncer de próstata

Referência em Oncologia na rede pública estadual, o Hospital Alberto Cavalcanti (HAC) participa ativamente da campanha Novembro Azul, não só oferecendo assistência integral aos pacientes, mas também orientando sobre a prevenção e o tratamento do câncer de próstata.


O HAC possui equipes especializadas que atuam desde o diagnóstico até o tratamento de tumores na próstata. Além de consultas nas áreas de urologia e oncologia clínica, o hospital possui outras especialidades e conta com uma equipe de enfermagem e multiprofissional – psicólogos, terapeutas ocupacionais, fisioterapeutas e nutricionistas. As consultas são encaminhadas por meio da Central de Marcação do município. O Pronto Atendimento, exclusivo para pacientes com câncer, atende 24 horas (inclusive com urologistas no plantão).

A equipe realiza diversos exames, cirurgias, procedimentos e tratamentos, entre eles a quimioterapia e a hormonioterapia. O Hospital Alberto Cavalcanti oferece modalidades modernas de tratamento, elaborando planos individuais para os pacientes. “Existem características próprias de alguns tumores que são de baixa agressividade e que, às vezes, nem é indicada a cirurgia, apenas o acompanhamento periódico”, explica o urologista Adriano Pivoto.

Este é o primeiro Novembro Azul desde que o HAC teve seu perfil assistencial redefinido, em setembro deste ano. A expectativa é de seja ampliado o atendimento gradualmente, na medida em que forem feitas as adequações necessárias para aumentar a capacidade operacional do hospital.


Novembro Azul

A campanha de prevenção ao câncer de próstata é relativamente nova no país. As primeiras ações iniciaram em 2011, motivadas pelo crescimento da incidência dos casos: o câncer de próstata é o segundo mais prevalente nos homens; o primeiro é o câncer de pele (não melanoma). Segundo dados da Sociedade Brasileira de Urologia (SBU), em 2019 serão diagnosticados mais de 68 mil novos casos no país.

O paciente com câncer tem maior chance de cura quando se é diagnosticado no início; no caso do câncer de próstata, a taxa de cura é de 90% desde que seja descoberto cedo. O urologista Adriano Pivoto cita ainda o câncer de pênis, que tem a higiene como principal prevenção. “Culturalmente, o homem não cuida da sua própria saúde e, por isso, o Novembro Azul também pretende alertar sobre os fatores que podem causar sérias doenças aos homens, incluindo, claro, a prevenção”, explica o especialista.

Acompanhe as notícias sobre os investimentos

Links úteis

EaD Fhemig
Banco de Leite Humano
Doe Orgãos
Redes Sociais da Fhemig
Concursos públicos
Protocolos Clinicos

Processos seletivos - Notícias

Documentos

  • Programa de prevenção à corrupção
  • Gestão do cuidado - COVID-19
  • Portal do Servidor MG
  • SEI/MG
  • Agência Minas
  • OGE/MG - Covid-19
  • Declara SUS