Minas On-line
Ir para o menu| Ir para Conteúdo| Acessibilidade Alternar Contraste | Maior Constraste| Menor Contraste

Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais - FHEMIG

MOV é destaque no atendimento às vítimas de violência sexual

 

Foto: Ilda Nogueira <BR /> Em seis anos foram registrados 884 atendimentos às mulheres vítimas de violência sexual
Foto: Ilda Nogueira
Em seis anos: 884 atendimentos

Silêncio, medo e revolta.  Apesar de todo esse sentimento que uma mulher vítima de violência sexual passa, é fundamental que ela encontre forças para denunciar e procurar imediatamente uma assistência médica no prazo máximo de 72 horas após a agressão. A Maternidade Odete Valadares-MOV, do Complexo de Especialidades da Rede Fhemig, presta atendimento hospitalar e ambulatorial às mulheres em situação de violência sexual.

A unidade é uma das referências em Minas para esse tipo de atendimento, que é realizado diariamente, 24 horas, pela equipe de plantão composta por médicos, ginecologistas e enfermeiras. São acolhidas vítimas com idade acima de 12 anos.  

  “O serviço sempre existiu. Desde o início, a unidade é referência para o atendimento à mulher em BH, mas se fortaleceu e organizou a partir de  2003, em função da norma técnica do Ministério da Saúde de 1999, que orientou a prestação de atendimento às vítimas de abuso sexual. “O intuito do nosso trabalho é cuidar da saúde da paciente e tentar amenizar seu sofrimento por meio do acolhimento humanizado e da assistência ambulatorial”, explica o psicólogo da MOV, Francisco José Machado Viana.

Francisco Viana, juntamente com o ginecologista da maternidade Ramon Luiz Braga Dias Moreira são responsáveis pelo serviço de atendimento às vítimas de violência sexual da MOV. Esse atendimento já pode oferecer dados para pesquisas de mestrado e doutorado  e  também coloca o assunto em debate em vários congressos.

Orientação

O psicólogo orienta que a vítima seja encaminhada o mais breve possível ao hospital, onde são feitos o acolhimento, as profilaxias das Doenças Sexualmente Transmissíveis-DSTs e Aids, a contracepção de urgência e os exames laboratoriais (como hepatites B e C,  HIV, entre outras).

Francisco Viana alerta que a vítima não tome banho para não “apagar” as evidências do crime antes de procurar o hospital e registre uma ocorrência junto a Polícia Militar (190). “Estamos realizando um convênio com a PM onde os médicos da Fhemig serão treinados para fazer, de maneira correta e segura, a coleta de material que será encaminhado para o IML. Esta medida vai amenizar o sofrimento da vítima e agilizar o seu encaminhamento para o hospital”, explica o psicólogo.

Em casos graves, o acompanhante pode chamar ainda o resgate por meio do Corpo de Bombeiros (193) ou pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), por meio do telefone 192. 

Atendimento

De 2003 a 2009 foram registrados 884 casos, cerca de 70%  das mulheres com idade de 12 a 29 anos. O acompanhamento é realizado por uma equipe multiprofissional com atuação interdisciplinar, composta por assistente social, psicólogo e médicos ao longo de no mínimo seis meses, podendo ter um período maior de tratamento em casos de danos mais graves.

O psicólogo faz o acompanhamento clínico das consequências emocionais da violência, prestando atendimento em grupo e individual. O médico realiza o acompanhamento clínico e ambulatorial. A equipe de assistência social orienta o paciente quanto aos direitos legais. A maternidade pode realizar a interrupção no caso de gravidez originada do abuso, em consonância também com a vontade da vítima.

A diretora da maternidade, Fátima Guedes, ressalta a importância da equipe de profissionais que presta serviço às vítimas. “A Maternidade é referência para os casos de violência sexual em adolescentes. Esse trabalho merece todo o reconhecimento público e precisa ser divulgado” enfatiza Fátima.

Serviço:

A MOV fica na Avenida do Contorno, 9.494, Prado, BH
Tel: (31) 3298-6000

Disque Direitos Humanos 0800-031-1119
Funcionamento  de 08 às 22h, de segunda a sexta-feira
 

Mais canais de informação:
- Acesse para mais notícias do Governo de Minas Gerais: Agência Minas e Blog.
- Acesse a Galeria de Fotos do Governo de Minas Gerais.
- Acompanhe também no www.youtube.com/governodeminasgerais e twitter.com/governomg

 
 
FHEMIG|
Alameda Vereador Álvaro Celso, 100 - CEP 30.150-260 - Santa Efigênia -
Telefones de Contato