Permanecem internadas no Hospital João XXIII três das cinco vítimas do acidente ocorrido no Anel Rodoviário no dia 19/11. Uma permanece em estado grave e as outras duas apresentam quadro estável.

Permanecem internadas no Hospital João XXIII três das cinco vítimas que deram entrada na madrugada de ontem (19/11), do acidente ocorrido no Anel Rodoviário.  Duas delas receberam alta no mesmo dia, nesta sexta-feira. Outras duas serão transferidas para a enfermaria hoje pela manhã. A terceira permanece internada no CTI, estável.

Permanecem internadas no Hospital João XXIII,  4 das 5 vítimas que deram entrada na madrugada de hoje, vindas do acidente ocorrido no Anel Rodoviário, próximo ao bairro Alto Caiçaras. Uma delas está no bloco cirúrgico, grave, mas estável. Outra vítima está no CTI também grave, estável, após passar por procedimento cirúrgico. As duas restantes permanecem internadas, com quadro estável. Todos os casos envolveram traumas de face, principalmente. A quinta paciente já teve alta.

Deram entrada no Hospital João XXIII, na madrugada de hoje, 5 vítimas do acidente ocorrido no Anel Rodoviário, próximo ao bairro Alto Caiçaras. Uma delas está em estado gravíssimo e passa por cirurgia neste momento. Três permanecem internadas em estado grave, mas estáveis. A quinta vítima está com previsão de alta. Além destas pacientes, uma vítima foi resgatada com vida, mas evoluiu a óbito antes de dar entrada no hospital.

Permanecem internados no Hospital João XXIII, sob escolta da polícia penal, os 7 pacientes vítimas do incêndio no Presídio Inspetor José Martinho Drumond, ocorrido no dia 04/11/2021, em Ribeirão das Neves. Todos ainda permanecem sob os cuidados de terapia intensiva.

Permanecem internados no Hospital João XXIII, sob escolta da polícia penal, os 7 pacientes vítimas do incêndio no Presídio Inspetor José Martinho Drumond, ocorrido no dia 04/11/2021, em Ribeirão das Neves. Todos ainda permanecem sob os cuidados de terapia intensiva.

O Hospital João XXIII recebeu, na tarde de ontem (04/11), 7 vítimas do incêndio no Presídio Inspetor José Martinho Drumond, em Ribeirão das Neves. Todos permanecem graves, internados em terapia intensiva com o auxílio de ventilação mecânica.

Deram entrada no Hospital João XXIII, na tarde de hoje, 7 pacientes vítimas do incêndio ocorrido no Presídio Inspetor José Martinho Drumond, em Ribeirão das Neves. Todos estão com o quadro clínico muito grave e terão que passar por procedimentos cirúrgicos recomendados nos casos de queimaduras graves. Os demais pacientes deste incêndio foram distribuídos por outras unidades da capital. Não há previsão de novos encaminhamentos para o HJXXIII.

Permanecem internadas no Hospital João XXIII duas vítimas do incêndio em Ribeirão das Neves, ocorrido ontem (13/07). Uma das crianças ainda está na unidade e apresenta quadro estável. A paciente adulta, sexo feminino, teve 30% da superfície corporal queimada, está grave mas estável.

Permanecem internadas no Hospital João XXIII as vítimas do incêndio em Ribeirão das Neves, ocorrido ontem (13/07). As crianças têm quadro estável. A paciente adulta, sexo feminino, teve 30% da superfície corporal queimada, está grave mas estável. 

Foram encaminhadas ao Hospital João XXIII quatro vítimas do incêndio que ocorreu hoje (13/07) em Ribeirão das Neves. As três crianças estão estáveis e sendo acompanhadas no ambulatório. A paciente adulta, sexo feminino, chegou grave e foi encaminhada ao bloco cirúrgico.