Atendimento médico e internação de pacientes com complicações da tuberculose

Descrição: Atendimento a pacientes com complicações clínicas ou cirúrgicas relacionadas à tuberculose (doença grave, transmitida pelo ar, que pode atingir todos os órgãos do corpo, em especial os pulmões). São realizados, também, exames que identificam a presença do Bacilo de Koch, que provoca a doença. Em casos de urgências, o paciente será encaminhado, via Central de Leitos, para uma das unidades listadas abaixo.

Os sintomas da tuberculose são: tosse persistente, que pode estar associada à produção de escarro; sangue no escarro ou tosse com sangue puro; febre; suor excessivo à noite; perda de peso; perda do apetite e fraqueza. A tuberculose é uma doença curável, mas a adesão do paciente é essencial. O tratamento médico deve ser seguido até o final e pode ser feito em um posto de saúde mais próximo de casa, onde a medicação é fornecida gratuitamente com um pedido médico.

Caso o paciente abandone o tratamento, que, em geral, demora seis meses, ou não tome corretamente os remédios, a doença pode evoluir para uma forma resistente. Essa situação, geralmente, exige internação hospitalar de longa permanência e o paciente só recebe alta quando estiver curado (o teste da tuberculose tem que dar negativo).

Valor da taxa: gratuito.

Documentos necessários: documento de identificação (Carteira de Identidade ou Carteira de Motorista ou Carteira de Trabalho ou CPF e Cartão do SUS).

Unidades onde o serviço é prestado: