Continuam internadas no Hospital João XXIII, hoje, 29 de janeiro, às 12 horas, quatro vítimas do rompimento da Barragem em Brumadinho. São três mulheres, de 15, 22 e 43 anos, e um homem, de 55 anos. Também está internada uma mulher, de 59 anos, hospitalizada após se sentir mal em decorrência da tragédia.

Até o momento, tiveram alta três pessoas: uma mulher (65 anos) e dois homens (33 e 19 anos) e uma vítima (um homem de 55 anos) foi transferida para outra unidade hospitalar.

Estão internadas no Hospital João XXIII (Fhemig), hoje (28/01), às 17h15, 04 (quatro) vítimas do rompimento da barragem em Brumadinho, sendo 03 (três) mulheres (de 15, 22 e 43 anos) e 01 (um) homem (de 55 anos). Além das 04 (quatro) vítimas, permanecem internadas duas pessoas que passaram mal ao receberem informações sobre parentes mortos ou desaparecidos: 01 (uma) mulher (de 59 anos) e 01 (um) homem (de 19 anos), num total de 06 (seis) pessoas internadas.  Todas apresentam quadro de saúde estável.

Uma das vítimas do sexo masculino, de 55 anos, foi transferida hoje (28/01), no período da tarde, para outro hospital em Belo Horizonte.

Estão internadas no Hospital João XXIII (Fhemig), hoje (28/01), às 12 horas, 05 (cinco) vítimas do rompimento da barragem em Brumadinho, sendo 03 (três) mulheres (de 15, 22 e 43 anos) e 02 (dois) homens (ambos de 55 anos). Além das 05 (cinco) vítimas, estão internadas duas pessoas que passaram mal ao receberem informações sobre parentes mortos ou desaparecidos: 01 (uma) mulher (de 59 anos) e 01 (um) homem (de 19 anos), num total de 07 (sete) pessoas internadas.  A vítima, do sexo masculino, de 33 anos, teve alta hoje (28/01) no período da manhã. Todos apresentam quadro de saúde estável.

Estão internadas no Hospital João XXIII 06 vítimas do rompimento da barragem em Brumadinho, sendo 3 mulheres (15, 22 e 43 anos de idade) e 3 homens (2 com 55 anos de idade, 1 com 33). Além das 06 (seis) vítimas, estão internadas duas pessoas que passaram mal ao receberem informações sobre parentes mortos ou desaparecidos: 01 (uma) mulher (de 59 anos) e 01 (um) homem (de 19 anos). Todos apresentam quadro de saúde estável.

Hoje, a direção do hospital recebeu a informação de que a Vale se comprometeu a arcar com as despesas hospitalares das vítimas, e que os pacientes que estão no João XXIII seriam transferidos para o hospital Mater Dei. Entretanto, após terem sido informados, os pacientes internados disseram que não querem sair do hospital João XXIII, pois estão sendo muito bem assistidos. A direção do hospital respeitou a decisão dos pacientes, somente se houvesse risco de que a assistência pudesse ser comprometida, eles seriam transferidos.

Deram entrada no Hospital João XXIII mais duas vítimas do acidente ocorrido na Barragem próxima a Brumadinho no início desta tarde. São um homem (55 anos) e uma mulher (43 anos) que vieram por ambulância. Ambos estão estáveis.

Por volta das 15 horas, chegaram duas mulheres (de 15 e 22 anos), conscientes e estáveis, que estão sendo avaliadas pela equipe. Ao todo, neste momento, portanto, são quatro vítimas sendo atendidas no HJXXIII.

O Hospital João XXIII acionou, no início da tarde de hoje (25/01/18) o Plano de Atendimento para múltiplas vítimas de catástrofes, para priorizar a assistência de emergência às vítimas do acidente ocorrido há pouco na Barragem próxima ao município de Brumadinho. Às 15 horas, deram entrada dois pacientes do sexo feminino, trazidos por helicóptero do local. Elas estão estáveis, conscientes e passam por avaliação.

A diretoria do HJXXIII pede que os casos não relacionados a esta tragédia sejam encaminhados para outras unidades de emergência para que sejam priorizadas no hospital as vítimas do acidente.

Em outra unidade da Fhemig, na Casa de Saúde Santa Izabel (Betim) foi acionado o Plano de Contingência de Enchentes em parceria com a Defesa Civil, para tomar medidas preventivas caso o volume do rio aumente na proximidade do hospital. Pacientes já foram transferidos para alas mais seguras.

O Hospital João XXIII recebeu nesta segunda-feira (03/12) quatro vítimas de um acidente ocorrido em um Hotel Fazenda na região de Caeté, devido à queda de uma árvore. Foram quatro pacientes do sexo feminino, sendo destas duas crianças. Todas chegaram em estado grave, inspirando cuidados. As duas crianças foram transferidas para outros hospitais. Uma adulta teve alta ontem no final da tarde e a outra continua internada no CTI, grave, porém estável.

O Hospital João XXIII recebeu ontem (03/12) quatro vítimas de um acidente ocorrido em um Hotel Fazenda na região de Caeté, devido à queda de uma árvore. Foram quatro pacientes do sexo feminino, sendo destas duas crianças. Todas chegaram em estado grave, inspirando cuidados. As duas crianças foram transferidas para outros hospitais.  Uma adulta está internada no CTI, grave, porém estável, e a outra se encontra no Politraumatizados, estabilizada.

O Hospital João XXIII recebeu ontem (03/12) quatro vítimas de um acidente ocorrido em um Hotel Fazenda na região de Caeté, devido à queda de uma árvore. Foram quatro pacientes do sexo feminino, sendo destas duas crianças. Todas chegaram em estado grave, inspirando cuidados. Uma das crianças já foi transferida para outro hospital. A outra permanece internada no CTI, com quadro estável. Uma adulta está internada no CTI, grave, e a outra se encontra no Politraumatizados, estabilizada.

Apenas uma pessoa permanece internada no Hospital João XXIII das duas vítimas que deram entrada após o acidente com ônibus no viaduto da avenida João César de Oliveira, no dia 29 de novembro. O paciente do sexo masculino teve alta médica nesta segunda-feira (03/12). A paciente do sexo feminino apresenta um quadro estável.

Permanecem internados no Hospital João XXIII duas vítimas do acidente com ônibus no viaduto da avenida João César de Oliveira. O paciente do sexo masculino está com o quadro de saúde estável. A paciente do sexo feminino continua grave.